top of page

Descubra Qual Tipo de Asfalto é mais Vantajoso para o seu Negócio



A pavimentação de ruas, estradas e avenidas é essencial para garantir excelência e segurança na mobilidade urbana. Esta técnica evita que a estrutura dos veículos seja abalada, minimizando riscos de acidentes. Para que o serviço seja realizado de maneira correta e adaptado às necessidades do seu empreendimento, é importante compreender que existem diversas opções de asfalto para cada ocasião.


Tipos de pavimentação de ruas


Para obter um bom resultado, a pavimentação das ruas deve ser personalizada. Dependendo da situação, revestimentos diferentes são exigidos: o flexível é fabricado a partir de uma base granular e coberto por asfalto, enquanto o semirrígido conta com uma base cimentada e um revestimento flexível. Nas áreas residenciais, o asfalto mais comum é recomendado; já nas rodovias, é necessário um revestimento mais resistente para suportar veículos de grande porte.


Geralmente, o asfalto é a melhor opção para pavimentar ruas devido à sua resistência aos impactos e à sua capacidade de aceitar consertos pontuais. Alternativamente, o pavimento flexível tem um preço acessível, é de aplicação simples, suporta reparos e pode ser parcial ou totalmente reciclado.





Asfalto Frio


O Asfalto Frio é a alternativa ideal para operações de reparo e cobertura de buracos nos áreas comerciais e condomínios, pois sua aplicação é extremamente prática e sua absorção imediata, o que oferece a comodidade necessária para usuários e moradores da via. Trata-se de um concreto asfáltico que passa por um processo de usinagem a quente para ser aplicado a frio e vem pronto para uso, dispensando a necessidade de água e emulsificação.


O asfalto frio tem a grande vantagem de não precisar ter buracos abertos, podendo ser aplicado mesmo em locais úmidos ou com água presente, sem que isso interfera na composição ou no processo de aplicação. Além disso, o atrito gera uma boa aderência, o que torna menos provável o aparecimento de danos e/ou necessidade de reparos a curto prazo.


Asfalto quente


A produção de asfalto quente, denominado CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), se dá por meio de uma mistura de agregado graduado e cimento asfáltico aquecida a uma temperatura de 165°C. A união entre o ligante betuminoso e o conjunto de agregados é então completada. Posteriormente, o material é distribuído e aplainado por máquinas especiais, responsáveis por sua compactação e nivelamento.


No que se refere ao asfalto frio, a diferença fundamental é que ele não precisa ser aplicado por máquinas, permitindo que a via seja liberada de imediato. Seu processo de compactação é realizado pelos próprios veículos que trafegam na área. Para escolher a melhor alternativa, é importante analisar os requisitos locais, como o terreno, o tipo de veículos que frequentam a região, a quantidade de desacelerações e o volume de carga recebido.


Daí, a escolha acertada do asfalto permitirá que a via tenha um ciclo de existência prolongado, além de tornar o investimento na pavimentação vantajoso e coerente com as demandas e pressões existentes no local.



Entre em contato com um dos nossos especialista para saber mais:



Comentarios


bottom of page